Facebook Ads Tráfego Pago

Tráfego Pago ou Tráfego Gratuito – Descubra qual o melhor para sua estratégia de vendas

Tráfego Patrocinado e Tráfego Orgânico-Quais as diferenças entre eles?

Tráfego Patrocinado e Tráfego Orgânico-Quais as diferenças entre eles?

Tenho assistido muitas entrevistas realmente muito boas e com conteúdos incríveis com os maiores nomes do marketing digital do Brasil e EUA.

Em uma destas entrevistas, a questão era o tráfego de sites. Um dos entrevistados defendia a compra de tráfego para acelerar o crescimento e as vendas do seu negócio.

Embora um tanto polêmico, esse ponto tem sido fruto de discussões infindáveis na blogosfera mundial. Já que existem defensores do tráfego orgânico (gratuito) e do tráfego patrocinado (pago).

Essa é a razão deste artigo, uma opinião sobre esse tema que gera tanta polêmica.

Uma opinião avaliando friamente este tema na tentativa de elucidar de forma clara essa questão para você para que você perceba o melhor para seu negócio especificamente.

 

 

O que é tráfego orgânico e tráfego patrocinado?

 

Tráfego orgânico é aquele acessado pelas pessoas sem que você precise pagar por anúncios para haver o destaque nas primeiras posições dos buscadores. Isto é, seu conteúdo possui qualidade, o SEO é bem trabalhado e é citado por outros sites de autoridade.

Isto faz com que seu conteúdo seja bem rankeado e ganhe destaque pelos mecanismos de busca como o Google, Bing, Yahoo e outros sendo mostrados nas primeiras posições..

Tráfego patrocinado é aquele que você precisa pagar para destacar o seu site nos mecanismos de buscas e dentro das redes sociais. As plataformas mais conhecidas para criar campanhas patrocinadas são: Google Adwords, Facebook Ads, Bing e outros.

A imagem abaixo apresenta exatamente o que é mostrado no Google.

Note que os dois primeiros são anúncios patrocinados (pagos) seguidos por dois resultados orgânicos.

Deixei a barra do MOZ nos dois resultados orgânicos para você observar o PA (autoridade da página) e o DA (autoridade do domínio)

Tráfego Patrocinado e Tráfego Orgânico-

 

Tráfego Orgânico

Benefícios: Caso você já tenha conseguido rankear seu site para os mecanismos de busca, ele terá tráfego consistente e crescente pra sempre! Consequentemente, não irá precisar investir em anúncios para atrair seu público. Ao menos para aquele conteúdo já rankeado.

Contras: Salvo muita sorte, este processo é extremamente lento. Não se coloca um site bem posicionado nas buscas de um dia para o outro. Isso pode demorar meses ou anos de trabalho duro.

Habilidades Necessárias: Você precisará dominar as técnicas de Otimização de sites para mecanismos de buscas (SEO) ou  então, contratar um profissional para fazer isso por você.

Irá precisar de MUITO conteúdo de qualidade para o Google entender que o seu site é relevante para o seu mercado e possui informações de qualidade.

Mito: Acreditar que tráfego orgânico é melhor porque é grátis é mero engano.

Ele não é grátis…

Você terá que investir tempo e/ou dinheiro para aplicar técnicas de SEO contratando alguém para esse serviço ou investindo em cursos.. Já que não existe acaso para alcançar o topo dos resultados de pesquisa.

 

 

Mas existe caminho mais curto?

 

A única forma rápida e a jato para destacar um conteúdo usando tráfego orgânico é quando algum conteúdo seu viraliza na internet.

Isso pode até vir a acontecer, mas você não deve contar com isso, já que as chances para que algo assim ocorra são bastante remotas e não existe uma fórmula para garantir que um conteúdo se torne viral.

 

 

Tráfego Patrocinado

 

Benefícios: Isso é bastante óbvio. O tráfego patrocinado traz resultados imediatos para o seu negócio. Já que os anúncios são segmentados de forma a levar o tráfego de um público com interesse pelo que você está oferecendo. Seja de produtos físicos, digitais ou serviços.

Contras: Embora o tráfego patrocinado traga resultados imediatos, pode acabar por ser um método caro caso não saiba como fazer e se não definir uma estratégia adequada. Uma outra particularidade é que você só terá tráfego enquanto estiver rodando sua campanha. Mas existe solução bastante prática para isso e é o que veremos mais abaixo.

Habilidades Necessárias: As principais ferramentas de campanhas são o Google Adwords e o Facebook Ads. Se você tiver domínio sobre elas, posso assegurar que o dinheiro virá para o seu bolso. Outra alternativa seria contratar algum profissional para criar as suas campanhas.

 

 

Qual é o Melhor Caminho a Seguir?

 

O primeiro passo a dar será fazer um bom curso de Marketing Digital que seja específico para anúncios na plataforma que você escolher. Seja o Face Ads ou o Adwords ou outra. Dessa forma, você saberá o passo a passo a seguir e, se preferir, também saberá como lidar e o que pedir a um profissional que cuidará das suas campanhas.

Seu segundo passo será aproveitar bem os leads que chegam no seu site através do tráfego patrocinado e criar sua própria lista de e-mail.

A melhor estratégia e a que mais funciona além de ser a mais barata para investir  na criação de listas de e-mail e consequentemente, na geração de vendas recorrentes é o facebook ads

Sua eficácia é incontestável, além de ser fácil, rápido e barato.

Com uma boa estratégia, você só precisará gerenciar seus anúncios e ver suas vendas acontecendo de forma constante.

Um anúncio com estratégia correta, será como se você estivesse investindo seu dinheiro para obter sempre os melhores e maiores lucros.

E a melhor estratégia é aquela que garante que você sempre ganhe dinheiro com seus investimentos.

 

Tráfego Patrocinado e Tráfego Orgânico-

E então? O que fazer?

 

O mais acertado é possuir uma estratégia para usar os dois métodos em paralelo.

Isto é, você deverá usar o tráfego patrocinado para geração rápida de leads para sua lista. Estes leads irão proporcionar a você vendas recorrentes e constantes. Logo, isso equilibrará suas finanças e resultará em grandes lucros.

Paralelamente, você poderá iniciar a otimização do seu site para que ele fique bem rankeado no Google e complementando a geração de tráfego a longo prazo.

O mais importante é não sentir medo de pagar pelos anúncios e olhar para suas campanhas como um investimento. Um investimento que seguramente trará retorno.

Veja…

 

 

Fazendo o Cálculo do ROI.

 

Vamos considerar que você possua um produto ou serviço pelo preço de R$ 600,00. Isto é, cada venda realizada gera um faturamento de R$600,00.

Aí, você planeja uma campanha cujo custo total será de R$ 1.000,00. Ao executá-la, você observa que essa campanha vendeu 20 unidades do seu produto de R$ 600. A partir daqui, é matemática:

20 x R$ 600 = R$ 12.000 de faturamento.

Ou seja, para um investimento de R$ 1.000,00 em campanhas pagas, a sua empresa teve um ROI (Retorno sobre o Investimento) de 1100% (11 pra 1).

Agora ficou interessante, não é?

Essa estimativa pode aumentar ou diminuir para você. Já que existem alguns fatores particulares do seu negócio que precisam ser levados em consideração.

Mas o fato é que, se você tiver um MÉTODO testado e comprovado que funcione… Não tem porque você não ter sucesso neste seu investimento em campanhas patrocinadas.

 

 

Tenha o Método certo em Mãos

 

Se você considerar esse meu exemplo, veja. ” Eu realizei 2 campanhas nos últimos 3 meses para promover produtos DIFERENTES dentro das minhas listas. Na primeira, o ROI foi de 42% em 2 semanas. Na segunda foi de (pasme!) 1200% em 3 semanas”.

Creio que ficou claro os pontos mais importantes sobre essa polêmica que envolve os tráfegos orgânico e patrocinado.

Para complementar esse assunto, eu sugiro que você se inscreva AGORA no 1º Workshop Online e Gratuito de Vendas e Lucros no Facebook.

Esse evento já começou e irá até o dia 18 de setembro. Nele você terá a publicação de muito conteúdo gratuito e estudos de casos.

Se você tem algum interesse em tráfego patrocinado, então eu sugiro fortemente que você acompanhe esse workshop.

Inscrições aqui!

 

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.